STAY UPDATED: Sign-up for the Kitman Labs monthly round-up of news. SUBSCRIBE NOW

CONTACT US
PERFORMANCE INTELLIGENCE

Encurtar a distância entre a investigação e os resultados

SHARE

Share via email

A Kitman Labs Performance Intelligence Research Initiative identificou as necessidades mais urgentes enfrentadas pelos profissionais de desportos de elite – tal como eles as definem. O nosso recém-publicado inquérito com profissionais de desporto revelou as necessidades mais urgentes em todos os desportos e funções, revelando o caminho para futuras investigações de modo a aprimorar o seu foco no que é mais importante para os resultados em campo.
 

Por que motivo lançámos a Performance Intelligence Research Initiative (PIRI)?

Uma década de evolução na ciência desportiva ajudou a indústria a gerar ferramentas e soluções valiosas e acumular volumes de investigação significativos. Contudo, é frequente haver uma desconexão, e às vezes até mesmo uma grande barreira, entre o trabalho académico e tecnológico e a implementação prática que visam a resolver as dores estratégicas e táticas que os profissionais de desportos de elite enfrentam todos os dias. A sinapse é demasiado ampla.

Queremos resolver isso.

O desporto de elite é dinâmico, com novos desafios a surgir diariamente. Nós próprios fomos profissionais que viveram o dia-a-dia incrivelmente acelerado do desporto de elite, e sabemos a rapidez com que o ambiente evolui e as barreiras que podem surgir quando a investigação não consegue acompanhar o mesmo ritmo. O PIRI é um mecanismo que visa a esbater essas barreiras, para ajudar a nossa indústria a evoluir tão rápido quanto os profissionais de desporto – à velocidade do desporto – para completar o circuito e traduzir as informações em ações em campo.

 

Cultivar uma comunidade de investigação dinâmica e diversificada

O PIRI não reside apenas dentro da Kitman Labs ou dos nossos clientes. Estamos a desenvolver e a expandir uma comunidade com profissionais de desporto de todo o tipo de organizações desportivas, com pessoal académico de todo o mundo e com especialistas com uma profunda experiência. Ao promover um grupo ativo com perspectivas diferentes, conseguimos vislumbrar um futuro com investigações interessantes, sólidas e práticas para dar apoio às necessidades mutáveis e orientar os avanços tecnológicos. Ao estreitar o contato com os profissionais, criamos um diálogo interativo, atualizado e terra-à-terra.

 

Criar um diálogo de investigação bidirecional começa com ouvir

Estamos a investir em investigação aberta porque queremos que esse esforço seja mais do que transacional. Sem ligações claras entre o mundo académico e o mundo prático, é muito difícil as perguntas certas chegarem aos ouvidos dos investigadores e serem conduzidas nas investigações certas.

Para o projeto inaugural do PIRI, desenvolvemos um inquérito para identificar as necessidades atuais da indústria e verificar quais delas estão a ser colmatadas e quais não estão. A relevância das respostas de vários profissionais de saúde, desempenho e treinadores confirmou a necessidade de tal abordagem.

 
 

Resultados do inquérito do profissional

Começámos por ouvir as pessoas que trabalham todos os dias na linha de frente com as equipas. Queríamos sair e falar com os profissionais – e não apenas com os nossos clientes.

Ao longo de duas jornadas, a nossa pesquisa online contou com uma amostra de 230 profissionais de desportos de elite para ajudar os investigadores a refinar tópicos de investigação futuros para obter resultados mais relevantes.

Se quiser ler o artigo publicado sobre o nosso método, leia os resultados completos da investigação aqui.

 

Independentemente do país, desporto ou personalidade, os entrevistados falaram de problemas semelhantes. Os seguintes pontos foram avaliados como altamente importantes e complexos de compreender ou implementar:

 

  • Avaliar o risco de lesões a partir de múltiplas variáveis e contexto (70% dos entrevistados classifica-os como importante e complexo) e as estratégias de mitigação de lesões associadas (60%)
  • Monitorização de carga (60%) e de condicionamento físico e fadiga (65%)
  • Quantificar o desempenho e o valor do jogador (63%)
  • Construir processos para tomadas de decisão (61%)
     
Consulte a Figura 1 abaixo para obter mais detalhes sobre os problemas específicos que os profissionais enfrentam.

As três barreiras mais difíceis a ultrapassar na implementação e os desafios enfrentados dos três tópicos mais importantes, estavam relacionados com

  • Falta de visão uniforme entre colegas
  • Falta de orçamento e mão-de-obra
  • Falta de tempoe
 

É importante ressalvar que 65% dos entrevistados não eram clientes da Kitman Labs. Vemos isso como um sinal especialmente forte de um interesse generalizado no objetivo e da missão do PIRI, e estamos ansiosos em ouvir aqueles que possuem abordagens e filosofias diferentes das nossas. Na verdade, é disso que se trata.

 

Como deveria a comunidade de investigação responder?

À medida que as equipas procuram cada vez mais evoluir para se tornarem organizações sustentáveis modernas, colaborativas e informadas, e com um desempenho consistente, os investigadores devem considerar ampliar o espectro das suas investigações. 

Para nós, isso significa estender a investigação tradicional desde o foco em fisiologia/desempenho/ciência de dados até à implementação e o seu impacto. Significa também descobrir e validar métodos para contextualizar, partilhar, comunicar e colaborar com eficácia em torno de dados e informações para direcionar, tomar decisões, criar mudanças e promover a melhoria contínua. 

 O inquérito destacou a necessidade de investigação em algumas áreas diferentes:

Entrega de soluções holísticas: os resultados da investigação dizem-nos que a indústria está a amadurecer: as organizações de elite não querem soluções pontuais; querem respostas holísticas e organizacionais que atendam às necessidades identificadas acima. Existe um enorme desejo entre as organizações de mudar a forma como operam, de modo a construir consenso e obter alinhamento para atingir as suas metas de desempenho e saúde. Isso confirma, de forma independente, a nossa convicção de que a indústria entrou na era da inteligência de desempenho. A investigação pode validar abordagens comprovadas no uso de dados para criar esse alinhamento e desenvolver um plano partilhado para o sucesso.  

 

Apoiar a tomada de decisão: nos últimos anos, o foco tecnológico de nossa indústria tem sido em dispositivos, sensores, gestão de dados, visualização, e não na construção de ferramentas para apoiar a tomada de decisão.  As informações aqui obtidas levam-nos a acreditar que a próxima era da tecnologia deve mudar o seu ênfase para apoiar a tomada de decisões dos especialistas, particularmente na otimização do tempo dos profissionais, uso de análises progressistas, colaboração entre a equipa e processos dentro e fora do campo. A revolução do big data foi bem-sucedida e agora existe uma nova nação de dados. São necessárias melhores maneiras de trazer essas informações na prática diária para tomar melhores decisões, ter uma comunicação mais clara e um maior alinhamento. A investigação pode ajudar a descobrir as melhores maneiras de visualizar, contextualizar e compartilhar informações para uma ação rápida e com alto impacto.

 

Aumentar o vocabulário partilhado: além da mudança organizacional mencionada acima, os profissionais querem ter a capacidade de aprender juntos através de um vocabulário comum – uma língua “franca” de desempenho, dentro e entre as organizações adaptadas aos dados, para uma visão e compreensão partilhada. A investigação pode identificar métodos bem-sucedidos para a construção de modelos mentais partilhados, estabelecendo uma linguagem comum de desempenho.

 

 

Apelando a todos os profissionais

Seguindo em frente, o PIRI continuará focado no fortalecimento da relevância da investigação em ciências desportivas e na aceleração da velocidade em que as informações baseadas na investigação podem passar da sinapse para a ação. Mas não podemos fazer isso sozinhos. Convidámos outras pessoas – investigadores, empresas, organizações sem fins lucrativos e clubes – a juntar-se a nós neste esforço colaborativo. Quer já tenhamos trabalhado juntos ou não, estamos dispostos a acolher perspectivas conflituosas e filosofias diferentes para desenvolver a próxima geração de soluções para o desporto de elite.

Junte-se à Iniciativa!

Diga-nos o que você pensa sobre a pesquisa, tenha acesso às nossas publicações e participe de nossos programas de pesquisa.

RELATED POSTS

TOPICS

stay updated

Sign up for the monthly round-up of news from Kitman Labs – new Solutions, client announcements, product enhancements, best practices, customer stories and more. Delivered to your inbox.

STAY UP-TO-DATE!

WITH KITMAN LABS NEWS

Sign up for our monthly round-up of news – new Solutions, client announcements, product enhancements, best practices, customer stories, and more.

Expert advice and industry insights delivered to your inbox

Announcement

Bayer Leverkusen Renews and Expands Deal with Kitman Labs ‘Intelligence Platform’

On the heels of winning the Bundesliga championship title – the first in Club history – a European record-setting winning run and a six-year pre-existing partnership with Kitman Labs, Bayer Leverkusen announces the extension and expansion of their relationship with Kitman Labs to include the entire Academy.

YOU ARE NOW ENTERING THE
AMERICAN
ENGLISH SITE
REDIRECTING TO